Our Story and Vision PT

Como Chegamos Aqui

Uma noite escura de novembro, ocorreu um acidente de carro, com consequências de grande alcance.
Depois de quase 3 anos como utilizadora de cadeira de rodas, Elaine, com a ajuda de Mike, começou a recuperar e a planear um novo futuro. Ambos descobriram um interesse fora o seu atual estilo de vida urbana, a Permacultura.

Duas semanas muito ensolaradas no País de Gales, no Permaculture Design Course, abriram-nos os olhos e as mentes sobre diferentes possibilidades, e os planos foram traçados.

Implementá-los foi, é claro, outra história!

A casa foi renovada para vender, documentários sobre como fazer as coisas foram assistidos e os sonhos começaram …

Depois de assistir a muitos episódios do Grand Design na TV do Reino Unido, compramos um antigo corpo de camião refrigerado Tesco, enchemos-lo com nossos lixos e histórias.

O Ebay é uma coisa maravilhosa, nós também compramos uma caravana para viver, e apesar das preocupações da nossa família e amigos, carregamos o gato e partimos.

Visitando vários sites de propriedades, viajando por aí, olhando para lugares inadequados, ouvindo histórias fantásticas de quão barato e fácil seria comprar um lugar e começar uma nova vida em Portugal.

Nós nos estabelecemos em um lugar mágico. Chamamos-lhe de Rainbow Farm, bem, para ser preciso, Quinta do Arco-Iris. Três hectares de terraços murados, árvores de frutas e nozes, com vista para nada além de árvores e montanhas.

Perfeito.

O corpo do camião foi transportado até nós e transformamos-lo num chalé de madeira de dois quartos, adequado, estranhamente, para usuários de cadeiras de rodas e suas famílias.

A casa de motorista foi trocada por uma caravana e 600 plantas de Lavanda durante uma viagem de volta ao Reino Unido para sacos de chá Earl Grey e outros produtos.

Nesse ponto, instalamos um sistema solar para a nossa eletricidade, limpámos e reconstruimos a mina de água, e fomos percebendo que a lua de mel tinha definitivamente acabado. Departamentos da Burocracia e do Planeamento!

Estamos apaixonados pelo qu fazemos, uma plantação de lavanda, baseada nos Princípios da Permacultura, oferecendo oportunidades de aprendizagem e férias para as pessoas capazes e incapacitadas, internacionalmente.

Portugal é um lugar fabuloso, estamos muito contentes e felizes por nos termos mudado para cá, continuaremos a lutar para continuar a atingir nosso objetivo, fizemos muitos amigos e erros ao longo do caminho.

Acordamos com os pássaros, respiramos o ar puro e a lavanda, olhamos para as montanhas no horizonte e preparamos-nos para as escalar.

A Nossa Visão – O que gostaríamos de alcançar

A Nossa visão é a de criar uma fazenda de trabalho baseada em Permacultura, especializada no desenvolvimento de tecnologias para promover a sustentabilidade. Usando métodos antigos e novos de cultivo de plantas e ervas selecionadas, BioChar, recorrendo à técnica de Hugel e de camas elevadas, sem cultivar o solo, para citar alguns.

Gostaríamos de ser um destino Turístico, Educacional e Empresarial de referência para a lavanda, e atividades de Permacultura, empregando pessoas locais e oferecendo férias de trabalho e educacionais para todas as pessoas, inclusive deficientes. Construímos uma instalação para deficientes de um antigo corpo de camiões refrigerados com madeira local. Gostaríamos de desenvolver o sítio ainda mais para pessoas com mobilidade reduzida, de facilitar a execução dos Cursos de Design da Permacultura e gostaríamos ainda de participar na criação da Associação de Permacultura de Portugal.